function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Profundo



Mareado de prazer de navegar pelo teu corpo
libero das amarras, esse desejo proibido e pecaminoso
tanto tempo preso aos ditames da insensatez.

Busco na calmaria desse sublime momento
As palavras carregadas na abundância
dessa paixão oceânica que recomeça como
uma brisa de beijos, abraços e o roçar de nossos corpos
como se fossem barcos ancorados num porto agitado
pelas tempestades de um mar revolto de sentimentos

Que enfurece, enlouquece e nos traga para as profundezas
orgânicas de espasmos, gritos, suspiros e cansaço.


                                                      J. R. Messias

Nenhum comentário:

Postar um comentário