function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Delírio



Entardecer, ocaso
fenecer das cores
artificialidade das luzes
miríade de estrelas

Noite no "verde vago mundo"
farfalhar de asas noturnas
cantos sombrios
corujas, bacuraus, sabiás
despedem-se do dia

coração solitário nessa imensidão
de um amor maior ainda
de um desejo eremita
de uma saudade que não finda

O silêncio ensurdecedor
das frias madrugadas
atordoa e inebria o sono
povoa meu regaço 
de sonhos, pecados e pesadelos.

                               J. R. Messias

Nenhum comentário:

Postar um comentário