function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Lampejo


Frescor no sorriso
voz quase embargada
descompasso do coração
seu olhar, ah aquele olhar!

Naquela inolvidável tarde
desejei-te como a primeira namorada
tremi na emoção de ser teu
nem que fosse por um instante

Mas depois, chorei calado
preso que estou a convenções
ver-te afastar-se de mim
como uma brisa a trespassar meu espírito

Hoje, apartado de tua vida estou
tendo-te em minhas orações e  e sonhos
e colada estás nos recônditos da memória
onde reservo toda uma saudade

Fostes a amada surpresa que pela minha vida passou
dilacerando a solidão galopante 
como se fosse uma pedra preciosa
rígida, rara, cintilante e preciosa

                       J. R. Messias

Nenhum comentário:

Postar um comentário