function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

domingo, 10 de janeiro de 2016

Coivara


Resultado de imagem para coivara
Tal qual a queimada da floresta
deixa o cinza de uma fertilidade
passageira, efêmera,
assim são os tantos amores
nascidos do fogo da paixão,
carregados de um húmus,
onde a umidade e temperatura,
mantinham a volúpia de uma paixão
fecundo em sonhos
e fértil em fantasias e delírios
mas, tal como a terra, submetida
ao rigor de uma coivara,
poucos anos depois,
fragiliza, perde seu vigor
e desmancha-se em areia, poeira
e dor.




      J R Messias

Nenhum comentário:

Postar um comentário