function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

domingo, 3 de setembro de 2017

Sunset Woman

Sob o por do sol
desses ruivos cabelos
Brilha a mulher
De vida marcada
Pelas diabruras do corpo
E pelas iluminuras de uma alma
Luminosa como o próprio nome
A cintilar uma
vida , repleta de flores e frutos
Colhidos de seus doces sonhos
Mas que, no cotidiano,
Impõe seu indômito
querer que, maquinalmente,
Moe  a dor,
despedaça a tristeza
E desdobra em esperanças,
As palavras  e canções
Que de sua boca, ressoam
Como preces e orações.

J.. R... Messias

2 comentários:

  1. Apesar de ser mulher pôr do sol, ela sabe mascarar as dores e tormentas da vida e da sua boca se soltam melodias doces e belas.

    Amo te ler, Messias. Qta imaginação, onde o tema é, quase sempre, a mulher. OBRIGADA!

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Graças a deus vocês são minha inspiração e espero que essa "liberdade de gênero", não venha tirar isso de mim (rs). Adorei, mesmo, o bate bola ou linha de passe ou troca troca (não sei como seria aí no além mar), feito, poeticamente, por ti e pelo conterrâneo. Parabéns.
    Beijos em teu Céu (ou pode ser no teu inferno, tanto faz).

    ResponderExcluir