function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Romanceado


Resultado de imagem para romance


Na temática romântica destes versos,

conduzo, solene, a minha solidão,

numa vertiginosa rota de colisão,

com a devassidão  de tua alma pagã

e na fome de possuir tua carne,

ardente como "febre terçã".


Esse desejo, que vocifero aos quatro ventos,

nidificou neste coração descrente e maculado

por uma espera inesgotável de 

fazer dos teus sonhos, os meus

dos teus limites, o nosso prosseguir

e do meu carinho, o elixir para amenizar 

todas as dores, como bálsamo que purifica

todas as chagas da paixão.


Que meu corpo e meu abraço,

sejam o teu cobertor a te proteger

das noites frias de solidão

que minha boca e minhas palavras,

sejam as fontes emissoras 

de todas as formas de te dizer,

te amo.



                                       J. R. Messias

3 comentários:

  1. Poema tão bonito:))


    Hoje: - Adormecer na dor das palavras.

    Bjos
    Votos de uma óptima Quarta-Feira.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo lindo poema!! :))

    Beijo e uma tarde feliz!

    ResponderExcluir
  3. O amor aquieta a calma.
    Belo poema. :)

    ResponderExcluir