function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Soledad




Há um vento frio, que sopra das vertentes da solidão, das 

encostas da saudade e das profundezas do coração. Sem 

aviso ou anunciação, traz alento para as desesperanças, 

linimento para as dores ou tormento, para as almas e 

convulsão. Sem aviso ou perdão, deixa pra traz, rastros de 

vidas, restos de sonhos Devassados pela inclemência 

inequívoca e inabalável de um devir imutável destruindo 

                     certezas, legando ausências.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                J. R. Messias

Nenhum comentário:

Postar um comentário