function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Mistic

Resultado de imagem para Bhagavad Gita,Se a vida lhe parece estática
e te deixa assim, sorumbática,
faça uma orante genuflexão.
argumente o quão ela é errática
e numa ereção reflexiva e elástica,
descarte essa solidão pernóstica
que te deixa esquálida
e numa catarse psíquica,
ore para Bhagavad Gita,
e saiba que nada supera,
seja dor, decepção e desespero,
esse ente mágico que é a vida.


             J R Messias

4 comentários:

  1. Show de rimas!
    Quem te fez assim?rs

    ResponderExcluir
  2. Concordo com as rimas mas foi uma das coisas mais aparvalhadas (perdoe a sinceridade), que já escrevi, mas o seu carinho de sempre faz com que me sinta um W B Yaets (que pecado ....).
    Beijos, amada poetisa Lu

    ResponderExcluir
  3. Pecado nada!rs O bom da poesia é mesmo o fluir...
    E a propósito, hoje ouvi a grande mestra Adélia Prado e me lembrei de você...

    ResponderExcluir
  4. Basta ser mineira e ter Tomás Antônio Gonzaga, Drummond e Affonso Romano, entre tantos, como colegas, já pensou?? Bom que estás próxima da fonte e assim beber do melhor de nossa poesia.
    Beiujos amada poetisa Lu.
    Ps. Não sou misógino e nem machista, mas nunca li a Adélia (excuse me, but I' m so shy about it ...).

    ResponderExcluir