function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Percolação

Resultado de imagem para obsessão

Concluo uma íngreme escalada
que encerra um visceral tormento de amar
a tosquiar esperanças que rastejam no solo desse amor
e no subsolo de uma firme paixão, sólida como um granito
a qual aflora, em ato contínuo, nas depressões terrenas de tuas verdades
que submetem-me ao arbítrio de um coração soturno  como masmorras medievais
a torturar sonhos e desejos deste objeto mais que direto, guardado em minha obsessão como um suave arpejo.




                             J R Messias

6 comentários:

  1. OI MESSIAS!
    UM BELO TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Agradeço, sincero, pelo carinho de sua atenção, Zilani.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Gosto dessas suas metáforas fazendo do ato poetar uma fortaleza. E renovo-me como aprendiz cada vez que aqui navego. Ou voo... rs

    Aplausos e beijos, poeta!

    ResponderExcluir
  4. A razão principal é que temos o privilégio de podermos nos expressar em uma língua tão, rica, maravilhosa e ao mesmo tempo, tão complexa com a nossa língua portuguesa. Sem dúvida, a mais poderosa herança que Portugal pode legar a nós tupiniquins.
    A moça sabe que a recíproca sempre foi e sempre será verdadeira.
    Beijos, amada poetisa Lu
    Ps. Alias, poetisa, cronista e prosista.

    ResponderExcluir
  5. Imagine!Bondade tua, mestre, em me ver com tão belos olhos. Grata!

    ResponderExcluir
  6. De nada, sempre hei de derreter-me pela sua simpatia e seu carinho.
    Sempre grato pela atenção. Beijos, bela Lu.

    ResponderExcluir