function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

domingo, 15 de abril de 2018

Disease

Resultado de imagem para disease

A busca de tua imagem
pelos confins da dor, 
que diligente carrego,
emerge, sempre, 
num fascínio fatigado
pelas andanças de uma vida,
traçadas em coordenadas ilógicas
que levam a lugares  que nunca hei de encontrar
e que meu coração nunca irá mapear 
por que meu rumo, traçado em 
garatujas simbólicas da paixão
perdeu o nexo de tudo que
ainda fazia sentido 
em meus sentimento
e agora, um amor
que foi puro zelo e apego,
na ternura de tantos beijos,
cabe a ele, apenas,
a unção dos enfermos.


                                      J  R  Messias



8 comentários:

  1. Passando a fim de conferir uma excelente publicação.
    Gostei demais do poema. Pura e dócil sedução poética.
    .
    *Mulher; Flores e Borboletas, em sintonia poética (Poetizando) *
    .
    Votos de um dia feliz.

    ResponderExcluir
  2. Grato, Larissa. Boa semana pra ti.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Escreves com intensidade,
    o dor é inevitável, o sofrimento é opção.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Isso mesmo, persistir é querer sofrer. Belo mote.
    Abraços.

    ResponderExcluir