function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

sábado, 28 de julho de 2018

Tropel



Resultado de imagem para tropel do apocalipse



Destino, fragmentos de um desejo,
esperança de menino,
desbotado ficou,
encurralado por entre trincheiras,
no desdobrar dos pesadelos
e na dureza da realidade,
usurpando o doce das ilusões
e incutindo o fel pelos caminhos 
a ditar os passos para a conclusão
de uma vida, sonhada infinita
e hoje, aflita, onde, entre lágrimas e orações,
vislumbro o destino inclemente,
a exibir, insolente e traiçoeiro,
o meu destino e meu fim,



                                              J R Messias

12 comentários:

  1. Parabéns!! Muito bom!!

    Beijo. Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, Solidariedade@
    Onde há oração haverá paz.
    Tenha dias felizes e abençoados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir
  3. Excelente poema:))

    Hoje: O meu sentimento não morreu.

    Bjos
    Votos de um óptima Segunda- Feira

    ResponderExcluir
  4. Grato, querida e boa semana
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. O que posso dizer? Que é tristemente poético... que nas agruras da vida vamos nos adentrando em vãos de ilusões para suportar dores e caminhar para uma reta que sabemos, um dia se findará...

    ResponderExcluir
  6. Quer tradução melhor do que esta??? Grato pelo carinho de sua visita, Malu.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Nossa... que trágico; me lembrou contos
    medievais k. Mas como dizem a tragédia
    e a comédia são irmãs...
    Boa entrada de mês que está a se aproximar.
    PAZ E BEM.

    ResponderExcluir
  8. Mudei só um pouquinho a temática....
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Que poema maravilhoso!

    r: Muito obrigada :)

    ResponderExcluir