function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Whisper

Resultado de imagem para abraço sexual


És como um talismã,

que arranca o mau augúrio 

deste infausto e desencontrado amor,

com o qual, presenteaste-me 

no apanágio deste cinquentenário viver.



Por isso, deleito-me nesta paixão 

que subjaz em uma ternura secreta,

que queima, contínua e ocultamente,

nos escaninhos de meu coração,

codificada, de tal forma que só

tu decifras em meus gestos,

meu sorriso e em meu olhar. 







                   


          J R Messias

16 comentários:

  1. Um poema mto íntimo e "secreto", fruto de uma paixão antiga e avassaladora.
    Beijos, Messias.

    ResponderExcluir
  2. Espero esse SUSPIRO seja um dia realizável.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  3. Um magnífico poema de amor.
    Gostei imenso, parabéns.
    Caro Messias, um bom fim de semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso!

    r: Terei em atenção, obrigada :)

    ResponderExcluir
  5. Lindo, intenso e sensual.
    O amor não tem idade,ele apenas deita na alma
    e se cobre com as estrela.
    A lua fica como testemunha escondida
    em algum lugar.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço o carinhos de suas palavras, Brandy.
      Abraços.

      Excluir
  6. Que belo poema, cantou em indos versos o amor oculto, este que parece mais envolvente e forte que o declarado. Parabéns!
    Abraços!
    https://pensandoempoesia.blogspot.com/2018/09/aquiescencia-poetizando-e-encantado.html

    ResponderExcluir
  7. Abraços, Diná e grato pelas palavras.

    ResponderExcluir