function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Gourmet


Teus beijos  profanos, de sabores insanos,
trazem ao meu paladar, lembranças 
de tua cor  de canela e  a doçura de um açúcar demerara.
Guardo  tais memórias com candura,
pois o teu amor me fez escravo,
cativo de uma paixão mestiça e madura
que condimentou minha vida,
num menu de sabores e aventuras.
Cada parcela loteada 
de teu palatável corpo,
provei com a expertise de um gourmet,
seduzido que fui, pelas nuances sensoriais
emanadas de ti, onde deleitei, saboreei e 
me deixei locupletar de paixão,
sem preocupações calóricas
mas com a certeza nutritiva de dispor
de um farto banquete de alegria e sedução. 

                                          J. R. Messias


Imagem: geekness.com.br

4 comentários:

  1. Eita que fartura erótica, temperada com amor.
    Demorei mas apareci, ando meio ocupada, graças a Deus, mas estarei sempre por aqui.Mesmo que seja somente pra ler e fazer postagens.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava com extrema carência proteica além de outras impublicáveis, Vall. Quanto a demora, somos professores e, consequentemente, ocupados demais e o tempo que sobra é pouco. Entendo e agradeço a sua presença , sempre.
      Abraços, Vall.

      Excluir
  2. Boa noite Messias.

    Muito lindo labor, como sempre...
    Há uma fina e discreta sensualidade, isso engrandece muito um poema, amei, parabéns!
    Beijo em teu coração, lu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu! tentei ser o mais explícito, indecente e promíscuo (rsrsrs, eu ? mas logo ...). Foi uma viagem associando a fome e o desejo de comer, nas suas mais deliciosas formas. Gostei do "fina e discreta", que nem tuas poesias.
      Abraços, linda Lucy.

      Excluir