function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

sábado, 3 de maio de 2014

Prelúdio



Quisera eu, que um dia, 
meu amor reverberasse em ti
como uma bela Melodia.
Quisera eu, que um dia,
meu desejo ressoasse em ti
com a leveza envolvente 
de uma bela Serenata.
Quisera eu, que um dia,
que minha paixão recrudescesse em ti
como uma vigorosa Rapsódia.
Quisera eu, que um dia,
o meu amor  envolvesse  a ti
como uma sagrada Oratória.
Quisera eu, que um dia 
tenha a presteza e maestria
para transformar esta
partitura de desejos
numa eterna Sinfonia.


                 J. R. Messias

Imagem: shelf3d.com

6 comentários:

  1. Boa tarde meu amigo querido.

    Nossa, como esse poema ficou lindo!
    Demais poder vislumbrar esses anseios tão bem estruturados num poema, lindo mesmo, parabéns!
    Meu carinho... *Palavras meio confusas, desculpa, estou meio brigada com elas, rs...
    Beijo, lu.

    ResponderExcluir
  2. Palavras confusas nada, Lu. Estou aprendendo a te traduzir. Grato pela visita Lu, com "palavras confusas" ou não é sempre um prazer tê-la aqui.

    ResponderExcluir
  3. Quisera eu soar como música, entrar nos ouvidos e tocar o coração.
    Quisera eu ser música, ecoar e ecoar entre notas, acordes e canções.

    BOA SEMANA! Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Menino e meninas! Aquela cantada ao pé do ouvido, expressa com a voz sussurrada, trêmula e cheia de ternura, não tem erro, toca no coração, pulmões, pernas, braços etc, etc, etc.
    Abraços, turma.

    ResponderExcluir
  5. Tem uma destreza com as palavras que causam uma emoção muito grande. Gosto das metáforas poéticas que usa.
    Um excelente dia

    ResponderExcluir
  6. Grato pelas palavras e pelo carinho de sua visita.
    Abraços, Malu.

    ResponderExcluir