function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Vagar



Um dia meu amor perguntou:
onde é que o amor termina e
quando a paixão torna-se peregrina?
Ressabiado, respondi, 
que o tempo que leva 
para o amor ser finalizado
é o mesmo que faz, da paixão, 
um sentimento inquietado,
vagando que nem condenado,
pelos campos de amores mundanos,
pelas estepes de uma vida cigana
e pelos desertos de dores e enganos,
numa geografia onde o amor subjaz,
em um tempo onde a esperança, rareia
onde a distância, nossa percepção, falseia 
e os sentimentos, outrora abundantes,
ternos e partilhados, tornam-se frágeis,
distante e dissonantes.


             J. R. Messias



Imagem: helenaconectada.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário