function click() { if (event.button==2||event.button==3) { oncontextmenu='return false'; } } document.onmousedown=click document.oncontextmenu = new Function("return false;")

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Angelus


Pelas esquinas aleatórias
de uma viver alienante,
encontro em cruzamentos erráticos
angélicas entidades, cuja luz teima
em iluminar a escuridão de nosso abandono
e em curar a dor desse querer insano .

Teimosia capaz  de desfazer
a dormência da alma 
e a povoar nossos dias,
com a solidez de sua calma,

Espalhando pétalas pelos caminhos
traduzindo nosso quotidiano viver
em cores, harmonia e  sedução
na  incerta cartografia de nossos destinos



                                                J. R. Messias



2 comentários:

  1. Boa noite Messias...

    Muito lindo descrever! O poeta tem olhos capaz de ver onde ninguém mais enxerga, e, esse dom clareia as mais profundas escuridões...

    Realmente lindo, parabéns! Beijo, fica bem... =)

    ResponderExcluir
  2. É um prazer falar desse "seres angelicais" que cruzam nossas vidas e poetizá-los é uma forma de agradecer a diáfana presença deles em nossas vidas.
    Um grande abraço, Lu

    ResponderExcluir